GRUPO DE EVANGELIZAÇÃO PROFESSORES E ALUNOS DE CRISTO

Com a sabedoria se edifica a casa, e com a inteligência ela se firma. Provérbios 24.3

sexta-feira, 23 de junho de 2017

GEPACNET - CAMPANHA CALÇADA LIVRE

CAMPANHA: CALCADA LIVRE
A um certo tempo tenho estado incomodado com o que temos feito com as crianças e idosos de nosso bairro, empurrando os mesmos para o meio da rua, enquanto colocamos nosso carro na calçada. Pensando nisso resolvi apelar para o seu coração bondoso e pedir que você evite cometer esse crime.
Peço ainda que se você concorda com minha opinião que precisamos deixar as calçadas livre para que PESSOAS as ocupem, tente conscientizar os membros de suas família, seus parentes e amigos. Para ajudar na divulgação, criamos a CAMPANHA CALÇADA LIVRE.
Desde já eu e minha família agradecemos sua gentileza em liberar a calçada para que passemos em segurança.
Deus é amor.
1 João 4.8
Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.

sábado, 10 de junho de 2017

CURSO: PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA MÓDULO VERDE: RELACIONAMENTOS 6ª AULA: PODER E INFLUÊNCIA

PODER E INFLUÊNCIA
1º DIA: TEXTO INICIAL:
O ponto de partida para o exercício responsável do poder e a pergunta: “Por que quero isso”. Muitos diante dessa questão, enfrentam a tentação de dar qualquer resposta, menos a correta. Muitos lideres passam a vida inteira competindo  para dominar outros, a fim de alcançar o poder e então defender sua posição. Mas Jesus deixa claro que há somente uma resposta correta a essa pergunta. “Quero poder e influência porque com isso poderei servir melhor a Deus, ao próximo e à minha organização”. Qualquer coisa além ou aquém dessa intenção viola a confiança que Deus deposita naquele que recebe poder.

PODER E INFLUÊNCIA
2º DIA: QUEM É DEUS:
Mateus 20 contém material demais para absorvermos de uma única leitura. Jesus, faz uma afirmação tão definitiva sobre o poder que prestaríamos um desserviço a nós mesmos se abandonássemos o texto agora. Algumas perguntas nos ajudarão a descobrir idéias fundamentais sobre essa coisa chamada poder, cujo potencial – destrutivo ou construtivo – é enorme.
Observe algo importante aqui, invisível na superfície. Jesus menciona duas posições de liderança: “importante” e “primeiro”. Quantos podem ser “importantes”? E quantos podem ser “primeiros”? Agora observe as funções que levam a cada uma dessas posições. Para ser importante, a pessoa deve ser __________, e para ser primeiro, deve ser___________. A diferença esta na intensidade e atitude da pessoa para servir aos outros. Se você tiver alguma dúvida sobre a sabedoria dessa forma de agir, pense na declaração final de Jesus (v. 28).

PODER E INFLUÊNCIA
3º DIA: QUEM SOU EU:
Exercer poder significa saber como e quando correr riscos – isso não é segredo. Mas quão eficiente é você em incentivar os outros a correr riscos? Este também é um aspecto fundamental para a liderança transformadora: transmitir aos liderados a coragem para “sair da casca” e recompensa-los pelos seus melhores esforços, ainda que não alcancem os objetivos propostos. Sheila Murray Bethel apresenta-nos uma boa visão, desse importante princípio.
   Nenhum líder realizara uma obra duradoura sem correr riscos. Há ocasiões em que a equipe – ou organização – tem de se expor a perigos e à possibilidade de sofrer muitos danos. Há situações em que a reputação do líder depende de sua capacidade de saber quais riscos deve correr.
Bethel sugere um modelo mais eficaz, no qual o líder ajuda os liderados a desenvolver a habilidade de correr riscos. Em vez de receber uma ordem acima -  “Faça isso!” -, o liderado houve o conselho: “Se você acha que isso precisa ser feito, então arrisque e faça!” A dispersão do risco, Bethel afirma, é acompanhada da dispersão do apoio, do treinamento, do reconhecimento e da recompensa.
   O líder competente faz mais que calcular os prós e contras dos riscos. Ele ajuda os liderados a descobrir como arriscar e criar situações de vitória.

PODER E INFLUÊNCIA
4º DIA: COMO FUNCIONA:
Ver perfil do caráter de Tomé. Click Aqui

PODER E INFLUÊNCIA
5º DIA: O QUE FAZER:
O poder pertence a Deus.
   O poder é complexo. Pode ser usado para o mal (“Temor, terror ou tirania”) ou para o bem (“realizações”). Amós condenou Edom porque esse povo negligenciava  uma utilidade sutil, mas importante do poder: a proteção aos indefesos. Muitos dos profetas de Deus advertiram os líderes acerca de ignorar o clamor dos fracos. Os reis de Israel foram instruídos a protege-los com sua autoridade – segundo os padrões de Deus, essa é uma das razões pelas quais o líder recebe poder. O líder que constata abuso de poder dentro de sua organização é moralmente responsável pela solução do problema.
   O líder tem a responsabilidade de utilizar seu poder para ajudar a organização a atingir seus objetivos. Mas ao fazê-lo  precisa tomar cuidado para não usar o poder de forma inapropriada. A ordem bíblica acerca do poder é pouco valorizada hoje em dia.

PODER E INFLUÊNCIA
TEXTO PARA MEMORIZAR:
Então lhes disse: “Quem recebe esta criança em meu nome, está me recebendo; e quem me recebe, está recebendo aquele que me enviou. Pois aquele que entre vocês for o menor, este será o maior”  Lucas 9.48
PROFESSOR:
Pr. CESAR AZEVEDO
Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.

GEPACNET: TEXTOS BÍBLICO - MODULO VERDE – PODER E INFLUÊNCIA - MATEUS 20.20-28 - JOÃO 20.19-31 - OBADIAS 8-14

MATEUS 20.20-28
20 Então, aproximou-se de Jesus a mãe dos filhos de Zebedeu com seus filhos e, prostrando-se, fez-lhe um pedido.
21 “O que você quer?”, perguntou ele. Ela respondeu: “Declara que no teu Reino estes meus dois filhos se assentarão um à tua direita e o outro à tua esquerda”.
22 Disse-lhes Jesus: “Vocês não sabem o que estão pedindo. Podem vocês beber o cálice que eu vou beber?” “Podemos”, responderam eles.
23 Jesus lhes disse: “Certamente vocês beberão do meu cálice; mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não cabe a mim conceder. Esses lugares pertencem àqueles para quem foram preparados por meu Pai”.
24 Quando os outros dez ouviram isso, ficaram indignados com os dois irmãos.
25 Jesus os chamou e disse: Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas.
26 Não será assim entre vocês. Ao contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo,
27 e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo;
28 como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.
JOÃO 20.19-31
19 Ao cair da tarde daquele primeiro dia da semana, estando os discípulos reunidos a portas trancadas, por medo dos judeus, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “Paz seja com vocês!”
20 Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se quando viram o Senhor.
21 Novamente Jesus disse: “Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio”.
22 E com isso, soprou sobre eles e disse: Recebam o Espírito Santo.
23 Se perdoarem os pecados de alguém, estarão perdoados; se não os perdoarem, não estarão perdoados.
24 Tomé, chamado Dídimo, um dos Doze, não estava com os discípulos quando Jesus apareceu.
25 Os outros discípulos lhe disseram: “Vimos o Senhor!” Mas ele lhes disse: “Se eu não vir as marcas dos pregos nas suas mãos, não colocar o meu dedo onde estavam os pregos e não puser a minha mão no seu lado, não crerei”.
26 Uma semana mais tarde, os seus discípulos estavam outra vez ali, e Tomé com eles. Apesar de estarem trancadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “Paz seja com vocês!”
27 E Jesus disse a Tomé: “Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia”.
28 Disse-lhe Tomé: “Senhor meu e Deus meu!”
29 Então Jesus lhe disse: “Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram”.
30 Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais milagrosos, que não estão registrados neste livro.
31 Mas estes foram escritos para que vocês creiam[91] que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e, crendo, tenham vida em seu nome.
OBADIAS 8-14
8 “Naquele dia”, declara o Senhor, “destruirei os sábios de Edom, e os mestres dos montes de Esaú.
9 Então os seus guerreiros, ó Temã, ficarão apavorados, e serão eliminados todos os homens dos montes de Esaú.
10 Por causa da violenta matança que você fez contra o seu irmão Jacó, você será coberto de vergonha e eliminado para sempre.
11 No dia em que você ficou por perto, quando estrangeiros roubaram os bens dele, e estranhos entraram por suas portas e lançaram sortes sobre Jerusalém, você fez exatamente como eles.
12 Você não devia ter olhado com satisfação o dia da desgraça de seu irmão; nem ter se alegrado com a destruição do povo de Judá; não devia ter falado com arrogância no dia da sua aflição.
13 Não devia ter entrado pelas portas do meu povo no dia da sua calamidade; nem devia ter ficado alegre com o sofrimento dele no dia da sua ruína; nem ter roubado a riqueza dele no dia da sua desgraça.
14 Não devia ter esperado nas encruzilhadas, para matar os que conseguiram escapar; nem ter entregado os sobreviventes no dia da sua aflição.

Deixe seu comentário sobre esta postagem em nosso blog, sua opinião é muito importante. Grato.